Favoritos de sexta #2


A cada duas sextas quero separar os melhores conteúdos que visitei na internet, sejam esses fotos ou artigos, desde que de alguma forma tenha me inspirado a fazer algo. Vamos começar por essa estampa da foto acima que salvei desse painel maravilhoso do Follow the colours. 

Nos últimos tempos muita gente passou a cair de amores por azulejos hidráulicos (ou portugueses, como preferir chamar), mas você sabe como eles são feitos? Eu não fazia ideia do trabalho que isso dá e o quão artesanal é. 


// O QUE LIMPAR E QUANDO LIMPAR
Uma das minha metas para 2016 é manter uma rotina de organização e limpeza da minha casa e como tenho pouco tempo para fazer grandes faxinas, tenho tentado dividir as tarefas durante a semana. O grande problema é que às vezes a gente esquece coisas que tem para fazer, e ter uma lista é sempre uma ajuda. Esse post do Vida Organizada possui uma lista de o que limpar e quando limpar. 

// SOBRE FINGIR QUE NÃO NOS IMPORTAMOS
Eu raramente falo sobre minha vida pessoal aqui no blog, principalmente porque aqui é um espaço que separei para dividir coisas bonitas e inspiradoras. Mas acredito que muitos podem ter se questionado porque o blog parou de funcionar e a realidade é que não conseguia fingir que os problemas não me afetavam e seguir a vida normalmente, o blog normalmente. Esse texto do Capitolina resume bem isso. 

// UMA DISCUSSÃO SOBRE MINIMALISMO
Não sei se vocês já perceberam, mas nos últimos tempos parece que todo mundo virou minimalista. As roupas, a decoração, o estilo de vida e até layouts de blog...está tudo preto e branco. Ocorre que isso começou a incomodar um pouquinho porque, de uma forma ou de outra, as coisas começaram a ficar repetitivas e começamos a perder nossa personalidade para nos adaptar à isso. O texto da Babee é sobre esse tema e vale muito a pena pensar sobre.

Bom, esses foram alguns dos links legais que visitei. Você visitou alguns links legais e quer dividir comigo? Comenta aqui em baixo e já me conta o que achou do post :)

Até a próxima. A. 

Me encontre aqui também: facebook | instagram | pintrest

Casa na Vila Matilde ganha prêmio ArchDaily

Vocês, assim como eu, já devem estar cansados desse vai e volta do blog. Acontece que alguns eventos me levaram a parar de postar, justamente alguns dias depois que voltei. Mas agora é definitivo, renovei o domínio e o blog voltou.

E agora, vamos ao post...

A maioria das pessoas não vive o mundo da arquitetura e por isso acaba não conhecendo determinados projetos. Muitos deles são bem interessantes e valem a pena serem divulgados, e um em particular chamou a atenção de muita gente, inclusive a minha. 
O projeto de uma residência unifamiliar foi desenvolvido na Vila Matilde em São Paulo. A dona da casa, Dalva, é uma empregada doméstica que após ver sua casa desabar por conta de problemas estruturais decidiu juntar suas economias e contratar um escritório de arquitetura para fazer sua nova residência. 
O principal desafio desse projeto foi o baixo orçamento para a obra, bem como achar uma solução que fosse rápida de construir, uma vez que a Dona Dalva não podia ficar muito tempo morando de aluguel. Para isso então, foi acertado utilizar blocos de concreto e lajes pré-fabricadas de concreto armado. 

O acabamento ficou por conta do concreto aparente, que vem sendo uma solução barata, bonita e bem contemporânea. Além disso, esse tipo de acabamento casa muito bem com a cidade de São Paulo, por conta de não destoar do cinza da cidade. 

A residência foi desenvolvida diminuindo ao máximo os espaços apenas de circulação, fazendo assim que os cômodos sejam integrados para aproveitar ao máximo a área disponível. Isso também faz com que a ventilação seja cruzada mais facilmente.

Essa casa foi utilizada na campanha do CAU/BR  (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil) e após foi premiada como casa do ano pelo ArchDaily (o maior site de arquitetura do mundo). Para quem curtiu a casa, vale a pena dar uma olhadinha no vídeo da campanha do dia do arquiteto.
Agora a minha opinião pessoal sobre tudo isso... O fato de uma doméstica poder ter contratar um escritório de arquitetura só reforça toda aquela ideia de que a arquitetura não é e não deve ser elitizada, ela é popular, é de pessoas para pessoas. Adorei o projeto e a forma como ele foi concebido. E vocês o que acharam?

Ar-condicionado: Como usar sem interferir na decoração

Com o clima brasileiro nada amigável nos dias de verão, ter um ar-condicionado em casa se tornou uma necessidade. Esses aparelhos mágicos que deixam o ambiente fresquinho e agradável têm um porém: nem sempre combinam com a decoração do espaço. Por isso que é mais do que necessário usar a criatividade para aliar conforto com a decor de casa. Olha só essas ideias!

//TUDO ESCONDIDINHO
Quem realmente não quer que o ar-condicionado faça parte da decoração pode optar por escondê-lo. A ideia é super simples: basta mandar fazer, em alguma marcenaria, um armário ou estante para “guardar” o ar-condicionado e esconder sua tubulação. 
Se quiser ainda mais discrição, é só acrescentar portinhas venezianas ao móvel. Detalhe: para não comprometer o rendimento do eletrodoméstico, é importante que as ripas sejam espaçadas e tenham, no máximo, 1 cm de largura.
  
//LOCAIS ESTRATÉGICOS
Ok, você não quer que o ar-condicionado atrapalhe a decoração, mas também não quer investir em um móvel para escondê-lo, e agora? Simples: abuse da criatividade e coloque o eletrodoméstico em locais estratégicos, onde não chame muita atenção ou destoe do resto da decoração.
No canto da parede, em cima do vão da porta ou alinhado com algum móvel, quadro ou estante são algumas das dicas. Nesse caso, o mais indicado é o Ar-condicionado Split Hi-Wall, que fica bem próximo ao teto e tem um design mais clean

 //O MODELO FAZ TODA DIFERENÇA
Atualmente, existem diversos modelos de ar-condicionado no mercado. Eles não diferem somente nas especificações técnicas, mas também no design. E para quem quer integrar o ar-condicionado ao ambiente, esses modelos diferentes são grandes aliados.  

Então, a dica é: escolha um modelo que tenha uma cor similar a da sua parede - ou que combine bem com elas. Se a parede é clara, invista em um Split branco mesmo. Se for preta, opte por um Split escuro - já existem modelos nesse tom e que ficam super elegantes na decoração. Existem, ainda, modelos prata, espelhados e muito mais.
Para quem se interessou por esses modelos diferentes, fica a dica: a linha Art Cool, da LG, conta com um design digno de decoração. 


 // E A CONDENSADORA? 
A condensadora pode interferir na decoração, principalmente se ela for instalada na varanda ou sacada. Para contornar a situação é super fácil: é só investir em uma caixa de madeira ripada, igual a que foi indicada lá em cima. Assim, ela pode até servir de mesinha e ainda contribuir para a decoração do espaço. Legal, né? 
 
E então, gostaram das dicas para camuflar o ar-condicionado? Me contem aqui nos comentários. 
 
 Esse post foi uma contribuição da WebContinental

Arquiteta cria abrigo dobrável para moradores de rua

No último mês li bastante, livros, artigos na internet ou qualquer coisa que me chamasse atenção o único critério era ser útil de alguma forma para mim. Foi uma bela forma de adquirir conhecimento. Um desses artigos que li foi do Manifesto Arte  que terminava com a seguinte frase "A arquitetura, além de arte, é meio de transformação social." e nunca concordei e pensei tanto sobre uma única frase. 
O que é arquitetura se ela não mudasse o modo como vemos o mundo? Ou melhor, se não mudasse o mundo? Eu acredito que a arquitetura não precisa, e não deve, ser algo elitizado, muito pelo contrário.
Uma arquiteta, Tina Hevespian, com um pensamento muito semelhante ao meu criou um abrigo dobrável de papelão reciclado para moradores de rua. O abrigo pode ser montado em 30 segundos e é resistente à chuva. Não bastasse isso, ainda criou uma organização com o mesmo nome do produto, Cardborigam. A intenção é que esse abrigo seja temporário, até que essas pessoas sejam inseridas em programas de habitação e reintegração social. Quem quiser conferir mais sobre o projeto todo, pode clicar aqui
 
Eu achei esse projeto fantástico e o mundo precisa de mais gente que faça acontecer. Não é mesmo? 
Por hoje era isso, até domingo, com os links da semana. 
Abraço. A.

Escolhendo as plantas para a casa #1

Levei algum tempo para ter minha primeira plantinha depois que passei a morar sozinha. Diferente da minha mãe, não tenho o dom nato da jardinagem é sério, minha mãe mantém qualquer planta linda e vistosa como se fosse mágica — e como já contei para vocês em outro post, consegui matar uma série de suculentas até finalmente manter uma. Hoje tenho algumas plantinhas, que inclui um pé de boldo chileno, um cacto grandinho e uma suculenta, todos em forma.
Eu acredito muito que as plantas além de serem ótimas auxiliares na decoração do lar, podem ainda ajudar a manter um ambiente mais feliz e saudável pois melhoram a qualidade do ar e a energia, e aumentam a umidade natural. 
Agora me diz aí, você sabe como cuidar de cada tipo de planta? Bom, eu selecionei três que adoro e vou contar para vocês como cuidar delas.

//ESPADA DE SÃO JORGE   
É uma planta ótima para ter dentro de casa, segundo a ciência ela limpa o ar de várias substâncias (como benzeno, formol, xileno...) e segundo a crença ela ajuda a espantar o mau-olhado. Fica melhor em lugares iluminados com luz natural, se pegar um solzinho direto melhora ainda e deve ser regada uma vez por semana.

//LÍRIO DA PAZ
O lírio da paz, também conhecido também como bandeira branca por causa das flores, gosta bastante do clima quente e úmido. Ele deve pegar luz solar, mas apenas a claridade pois a incidência direta queima as folhas, logo é uma planta maravilhosa para ter na cozinha ou na lavanderia. Já sobre a quantidade de água: a terra deve estar sempre úmida.

//MANDACARU
Mandacaru é o cacto brasileiro, e até música tem sobre ele. Definitivamente, não é uma planta exigente prefere o sol, mas pode suportar climas de até 7ºC negativos. Para regar vale a mesma regra dos demais cactos, à cada quinze dias pode umedecer o solo um bocadinho.
Já dá para cultivar algumas plantinhas em casa agora, não é? Eu estou desejando muito uma muda de mandacaru e outra de espada de São Jorge, são tão lindas e fáceis de cuidar.
Bom, por hoje era isso. Sexta estou de volta ;). Até, A.  

Fotos, por ordem: Pintrest - Detalhes Mágicos - Revista Casa e Jardim My Attic

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS

AVISO

Todo conteúdo produzido aqui no blog, incluindo layout e programação, foram produzidos pela autora do blog - exceto quando sinalizado.
Copiar fotos e textos é crime. Se quiser utilizar qualquer material divulgado aqui no blog entre em contato comigo pelo email: contato@casacafeina.com.br